Dependência de jogos

Jogos de azar podem virar vício ou dependência nas pessoas. E o que muitas pessoas não sabem é que esse tipo de doença é mais comum naqueles que possuem predisposição genética.

Uma em cada dez pessoas convive com alguém que apresenta problemas de vício em jogos.

Quando comparado com as mulheres, esse tipo de dependência é duas vezes mais comum nos homens.

O principal sintoma é a perda de controle, o “não saber quando parar”. O desejo de jogar vira compulsão. E a abstinência aparece na forma de irritabilidade e inquietude por não poder jogar.

É muito comum que o viciado não perceba a gravidade de sua situação e não entenda o prejuízo que esse tipo de comportamento pode causar. Por isso, na maioria dos casos, quem encaminha o paciente para tratamento são os familiares e amigos.

É importante saber que o vício em jogos é uma situação de doença médica psiquiátrica e que possui tratamento, principalmente com uso de medicamentos e psicoterapia.

Somente com ajuda, o viciado poderá voltar a ter domínio sobre si novamente.

Depoimentos:

Fale conosco:

* Preenchimento obrigatório

Matérias relacionadas:

  • Será que realmente existe intuição?

    O Psiquiatra Dr. Ricardo Zimmer, em entrevista no programa Ver Mais da RicTV Record SC, explicou como funciona a intuição.
    Saiba mais

  • A importância dos sonhos

    Você sabia que os sonhos estão presentes em todas as suas noites de sono? Mas nem sempre você lembra deles quando acorda! Eles são importantíssimos para a saúde do cérebro, já que funcionam como um "editor" de memórias. Confira abaixo a entrevista do Dr. Ricardo Zimmer para o Ver Mais e saiba mais
    Saiba mais